CANAL GENERALISTA DE INFORMAÇÃO REGIONAL

CANAL GENERALISTA DE INFORMAÇÃO REGIONAL

NOTA DO DIRETOR. CASCAIS24 não cede a pressões e ameaças!



1.º CASCAIS24 não cede a pressões e ameaças, venham elas de onde vierem, nem recebe avenças ou subsídios e/ou sequer dinheiros de “sacos azuis” das autarquias, partidos políticos e/ou económicos público e/ou privados;


2.º CASCAIS24 é o maior ORGÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL ONLINE no concelho de Cascais,  que tem vindo a alcançar grande notoriedade, sendo frequentemente citado, pelas noticias que divulga, em outros meios de informação nacionais e internacionais. Conta com uma média diária entre 14 e 25 mil visualizações. Quase 4 milhões em três anos!;


3.º Para o diretor de CASCAIS24 e, naturalmente que para os seus milhares de leitores, começa a ser algo “cansativo” estas notas, as quais, no entanto, impõem-se. ATÉ PARA QUE CONSTEM!;


4.º É que há quem não desista e, teimosamente, procure persistir nas suas intenções malévolas de tentar condicionar, limitar e amedrontar o direito consagrado do JORNALISMO, que é informar e formar, com rigor e independência!;


5.º Em época pré-eleitoral, CASCAIS24 tem recebido dezenas de denúncias anónimas. Valem o que valem! Quem não deve não teme, diz o velho provérbio. Se é verdade o que denunciam, porque não dar a cara? Por muita razão que lhes possa assistir, têm receio de perder algum “tacho”? Têm receio de represálias e/ou da Justiça?;


6.º CASCAIS24 não pactua com este género de denúncias;


7.º E, a propósito, vem à liça denúncias relativas à aquisição de uma nova habitação que o vereador Nuno Piteira Lopes e também presidente da Concelhia do PSD de Cascais adquiriu recentemente;


8.º Confrontado pelo diretor de CASCAIS24 e, manifestando uma aparente e total transparência, Nuno Piteira Lopes exibiu todos os dossiers e documentação, que foi consultada no seu gabinete pelo jornalista Valdemar Pinheiro, o qual não encontrou indícios que deixassem transparecer qualquer ilegalidade;


9.º Perante isto, o diretor de CASCAIS24 não encontrou matéria que justificasse qualquer publicação jornalística;


10.º Ao invés e, por outro lado, CASCAIS24 sabe que existem alguns inquéritos em curso, que podem pôr em causa a atuação de alguns setores da autarquia cascalense, à qual, eventual e presumivelmente, poderão ser ou não ser alheios presidente e vereadores e outros altos responsáveis, mas que pela inerência do cargo serão sempre os primeiros responsáveis;


11.º Que há um “POLVO” na autarquia de Cascais parece não haver dúvidas, mas na realidade só as autoridades judiciais poderão determinar, com as investigações em curso, materializadas em provas e factos;


12.º Não obstante, CASCAIS24 irá prosseguir na sua missão de informar e formar e, sem prejuízo para as investigações, continuará a divulgar a informação fidedigna que lhe chegar pelos vários canais que possui;


13.º O diretor de CASCAIS24 remete mais informação para a anterior NOTA DO DIRETOR DE INFORMAÇÃO, para o seu CURRICULO PROFISSIONAL e para o ESTATUTO EDITORIAL;

14.º Finalmente, um BEM-HAJA aos milhares de leitores que seguem este JORNAL ONLINE, na certeza de que CONTINUARÁ A INFORMAR, não cedendo a pressões e ameaças!



VALDEMAR PINHEIRO

(Jornalista CP772)

DIRETOR DE INFORMAÇÃO




Sem comentários :