CANAL GENERALISTA DE INFORMAÇÃO REGIONAL

CANAL GENERALISTA DE INFORMAÇÃO REGIONAL

O antes e o depois…




Não há melhor que este dia 25 de Abril (dia em que escrevo) e a história que a data tem associada para refletir sobre o tema do “antes” e do “depois”. De facto, na sucessão da vida há sempre um antes e um depois daquilo que nos marca. E esse momento só tem significado por isso mesmo – por haver um antes e um depois.


Há assim um antes e um depois do nosso casamento, por exemplo. Antes havia a liberdade, depois há o compromisso. Antes havia a visão de sentido único, depois passou a existir a visão partilhada. Antes existia a segurança do passado, depois passou a viver-se a insegurança do futuro. Antes havia a garantia económica da velha família, depois passou a existir o risco de construir nova família. Mas, apesar disso, todos acham o seu casamento um momento marcante e significativo da sua vida. Às vezes bom, outras vezes nem por isso.


Também na vida do País, uma data pode ser vista na perspetiva de um antes e um depois. E Portugal teve, desde a sua fundação, muitas datas marcantes e significativas, algumas que marcaram ruturas (Alcácer-Quibir, 5 de Outubro, 28 de Maio…) e muitas outras que determinaram momentos de mais liberdade, de mais independência, de mais crescimento ou de mais progresso económico ou social (Aljubarrota, 1 de Dezembro…).


Para mim, historicamente, “25 de Abril” não é a “mãe de todas as datas” – é apenas só mais uma dessas datas significativas da nossa História. Apenas a distingo das outras por ser mais recente e por ter influenciado diretamente a minha vida, onde as coisas boas, tal como as más, não desapareceram, por milagre, num só dia… 

***



Sem comentários :